Origem dos apelidos das Funkeiras!

Um nome criativo faz toda a diferença na hora de se lançar no pancadão. Na época do auge das mulheres-frutas, era só se comparar a uma fruta e o sucesso estava lançado. Já outras foram mais além e tiraram o apelido de suas próprias personalidades. Descubra qual o significado dos nomes das funkeiras.
Mulher Melancia
O quadril de Andressa Soares virou uma marca registrada e foi responsável por uma grande febre no Brasil, a era das mulheres-frutas. O apelido de Melancia surgiu a partir de uma comparação do bumbum da morena com fruta arredondada. O sucesso foi tão grande com o nome que a Dança do Créu, que a lançou, ficou no passado e ela continua por aí, rebolando o popozão "GG gigante".


Mulher Moranguinho
Ellen Cardoso ficou famosa após substituir Melancia entre as dançarinas de MC Créu. Foi ele que criou a primeira fruta e deu continuidade na nova leva de funkeiras que o acompanhavam no palco. Moranguinho ganhou esse nome porque usava uma calça branca com o desenho da fruta no bumbum, antes mesmo de assumir o posto de Melancia no grupo de Créu.


MC Pocahontas
É só olhar o desenho da personagem Pocahontas para entender a escolha de Viviane Queiroz por seu nome artístico. A funkeira de 19 anos é a versão humana da princesa da Disney.

MC Anitta
A poderosa na verdade se chama Larissa e, na hora de se lançar como funkeira, ela se inspirou em uma personagem da TV. Ela achou o máximo a Anita vivida por Mel Lisboa na minissérie Presença de Anitta (Globo) e encarnou a própria lolita nos palcos.

Mulher Melão
E se o bumbum da Melancia inspirou Créu a chamar Andressa Soares assim, no caso de Mulher Melão foram os seios avantajados que serviram de referência. Ela resolveu desfilar nua no Carnaval e fez o maior sucesso com os "melões". O locutor Tino Junior lançou a sugestão e o apelido pegou.

Mulher Filé
Yani de Simone passou a ser chamada de Filé por causa de Mr Catra porque tinha "muita carne", segundo o funkeiro. O rei do funk escalou a morena para ser sua dançarina e a apelidou de filé, por conta do corpão da moça. O nome por si só não foi tão diferencial quanto as amigas funkeiras. O que pegou mesmo foi a funkeira fazer danças inusitadas com o popozão. Ela chegou a "passar cartão" no meio do bumbum e fazia a dança do pisca com as nádegas.

Maysa Abusada
Se tem uma funkeira que merecia o título de 'abusada" era Maysa. Ela era vocalista no grupo Maysa e As Abusadas e quando virou solo levou o apelido de brinde. Com um bumbum gigante, ela consegue superar Valesca Popozuda e ainda abusa dos looks nos shows para fazer jus ao nome.

Mulher Pera
O corpo acinturado de Suelen Silva tem o formato de uma pera. Na onda das frutas, ela logo aproveitou a comparação para se denominar Mulher Pera. Ela não fez tanto sucesso quanto as outras amigas do pomar, mas está valendo.

Mulher Maçã
Grace Kelly ficou conhecida como Maçã por conta de uma música que lançou, chamada A Maçã, o Fruto Proibido.

1 comentários:

  1. Exceto a Anitta que é um tesão, as outras são escrotas demais. Bando de mulher feia.

    ResponderExcluir